Pedagogia

Mercado de Trabalho

A grande demanda para o profissional Pedagogo está concentrada em instituições escolares, na Gestão, Coordenação Pedagógica, Docência na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, nos cursos de Ensino Médio, na modalidade Normal e, em cursos de Educação Profissional na área de serviços e apoio escolar.

Contudo, o campo de atuação não se restringe a atividade escolar, pois, conforme apontam as Diretrizes Curriculares Nacionais, o pedagogo está apto a exercer funções em outras áreas que contemplem conhecimentos pedagógicos, expressando a ampla possibilidade de mercado no âmbito empresarial visando os processos de planejamento, capacitação, treinamento do corpo funcional da empresa. O papel do pedagogo empresarial visa criar um ambiente organizacional que contribua na formação do trabalhador pensante, criativo, proativo, flexível, com habilidade para resolução de problemas e tomada de decisões e capacidade de trabalho em equipe.

Outra possibilidade de inserção profissional está voltada ao ambiente hospitalar, onde o pedagogo fará um acompanhamento educacional para crianças que necessitam de longos períodos de internação, na tentativa de amenizar o déficit de aprendizagem decorrente do afastamento da escola regular. Também trabalhará no sentido da recuperação da autoestima e segurança, visando à qualidade de vida, contribuindo na recuperação da saúde.

A Pedagogia social, nos CRAS - Centros de Referência e Assistência Social e outras instituições de Assistência Social, também se constituem como espaços onde o pedagogo poderá intervir através de práticas com crianças, adolescentes e adultos que vivem em condições de marginalidade, pobreza e dificuldades. O objetivo da Pedagogia Social é o de agir sobre a prevenção e a recuperação das deficiências de socialização.

Perfil do Egresso

O egresso do curso de Pedagogia deverá estar apto a utilizar-se do saber em todos os níveis, modalidades e espaços de sua atuação, na promoção da aprendizagem de sujeitos em diferentes fases do desenvolvimento humano, com postura investigativa, integrativa e propositiva em face de realidades complexas, com vistas a contribuir para superação de exclusões, com ética, compromisso e consciência da diversidade, respeitando as diferenças de natureza ambiental-ecológica, étnico-racial, de gêneros, faixas geracionais, classes sociais, religiões, necessidades especiais, escolhas sexuais, entre outras;

Também, deverá utilizar, com propriedade, instrumentos próprios para construção de conhecimentos pedagógicos e científicos e ainda promover e facilitar relações de cooperação entre a instituição educativa, a família e a comunidade.