Medicina

O Curso

O curso de Medicina da FADEP tem por objetivo formar o profissional médico em todas as áreas de competência de sua atuação, comprometido com a promoção, a prevenção e a recuperação da saúde, com base em princípios ético humanísticos e voltado às necessidades sociais da região, conforme preconizam as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) 2014 para o Curso de Graduação em Medicina e ao encontro da missão da FADEP, que é “formar e qualificar cidadãos produzindo conhecimentos, orientados para o desenvolvimento social, cultural, científico e tecnológico, mediante atividades de ensino, pesquisa e extensão, inseridas no contexto regional e global”.

O curso de Medicina da FADEP formará médicos generalistas, capazes de atender às necessidades da população e preparados para exercer papéis de liderança inovadora no sistema de saúde e no país.  Sua matriz curricular está organizada em três ciclos: Elaboração dos Saberes em Saúde, Desenvolvimento do Saber Médico e Aplicação do Saber.

A estrutura e os conteúdos curriculares não são compreendidos como estanques, como produtos acabados, mas como vetores educacionais em constante mutação, resultados de uma construção coletiva que definiu como princípios norteadores para o Curso:

a) currículo baseado no aprendizado por competências;

b) modelo de ensino orientado para a comunidade;

c) integração precoce de práticas profissionais em diferentes cenários de ensino e aprendizagem;

d) utilização de metodologias de ensino e de avaliação diversificadas e centradas no estudante;

e) utilização de unidades educacionais temáticas transversais no processo de saúde-doença prioritários da região;

f) atividades de pesquisa e extensão inseridas no currículo (por exemplo, o Bloco Práticas Integradas Ensino Serviço em Comunidade - PIESC).

A inserção do estudante da área da Saúde na comunidade ocorre desde o início do curso, no que diz respeito aos cuidados à saúde e aos aspectos de organização da gestão setorial e estruturação dos serviços. A diversificação dos cenários de prática, a utilização das unidades de saúde e a inserção precoce na Atenção Primária em Saúde e nas Redes de Atenção à Saúde contribuem para a criação de um processo reflexivo dentro do sistema de saúde. O Internato, Estágio Curricular Obrigatório, terá a duração de dois anos e será desenvolvido prioritariamente na rede de saúde da cidade de Pato Branco e nas clínicas da FADEP, propiciando o desenvolvimento das habilidades e competências necessárias ao Médico Generalista.

 A FADEP prevê a formação a partir de um processo educativo para além do domínio técnico-científico das profissões da Saúde. Entende que a formação profissional se estende pelos aspectos estruturantes de relações e de práticas em todos os componentes de interesse ou relevância social. Assim, o egresso do Curso de Medicina da FADEP desenvolverá competências e habilidades para a busca eficiente de evidências ao diagnóstico; cuidado; tratamento; prognóstico; etiologia; e profilaxia das doenças e agravos. O egresso também terá condições de contribuir para o desenvolvimento do atendimento às necessidades de saúde das pessoas e das populações; para a gestão setorial; e para o controle social em saúde, redimensionando o desenvolvimento da autonomia das pessoas até a condição de influência na formulação de políticas públicas.