Notícia

I Mostra de Práticas que Inspiram apresentou projetos sociais de destaque

Publicado dia 10/11/2017 às 02:32

Eles são vistos como projetos inovadores em prol da comunidade e de um bem comum. Seja na área da saúde, educação ou promoção social, as ações com cunho voluntário nos inspiram a adotar atitudes cada vez mais humanas. E foi em um ambiente inspirador, que o curso de Administração da Fadep (Faculdade de Pato Branco) promoveu na última quarta-feira (08) a I Mostra de Práticas de Inspiram, no Bloco F.

O projeto foi desenvolvido pelos acadêmicos do 8º período para a disciplina de Administração do Terceiro Setor, ministrada pela professora Carla Ruedell. O trabalho impôs aos universitários o desafio de mostrar para a comunidade acadêmica ações de responsabilidade social existentes em Pato Branco e região.

“Como a disciplina trabalha com a gestão no terceiro setor, nós procuramos mostrar que essas instituições são sólidas há muitos anos porque são administradas por pessoas que, embora possam fazer um trabalho voluntário, fazem com qualidade e responsabilidade”, afirmou a professora.

Segundo ela, unir em um ambiente entidades como o Grupo de Apoio a Mama (Gama), SOS Vida, Albergue Bom Samaritano, Construindo o Saber, a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac), a Universidade da Terceira Idade (Unati), a ONG Entre Amigos e Crianças e o Rotary Renascença, ajudam a compartilhar bons exemplos.

“Esse é um trabalho que vai ao encontro da campanha de vestibular da Faculdade, que traz como mote ‘Você Pode Fazer a Diferença’. Essas entidades e as pessoas que estão à frente delas fazem a diferença e isso é uma forma de mostra e inspirar nossa comunidade acadêmica”, contou Carla.

Voluntário na Apac, Gilson Feitosa pontua que a entidade é inspiradora por ser um projeto verdadeiro e de valorização do ser humano. “Pela Apac nós conseguimos ir atrás do ser humano que está cumprindo pena e oportunizamos para ele uma vida nova. Por isso é um projeto inspirador, porque permite construir uma sociedade mais humanizada”.

De São Lourenço, a ONG Entre Amigos e Crianças foi escolhida pelo grupo da acadêmica Melânia Craco. Ela conta que a entidade ajuda crianças em vulnerabilidade social por meio de projetos como pintura e fotografia, além de oportunizar o desenvolvimento de habilidades fundamentais para o crescimento.

“A gente escolheu a ONG porque as pessoas que lá trabalham promovem uma ação muito importante para a sociedade, que é de acolher essas crianças e poder ajudar a encaminhá-las para um futuro com mais oportunidades de vida”, afirmou Melânia.  

Além de promover a responsabilidade social, a Mostra despertou a cidadania e o protagonismo, transformando o evento em um ambiente de crescimento coletivo. 


Assessoria de Comunicação

Matéria: Rodrigo Bortot (DRT/PR - 9040)

Foto: Rodrigo Bortot